Blog

Você pode fazer melhor!

A experiência oferece exemplos do que se deve fazer e dos erros que não devem se repetir. São lições aprendidas que agregam valor às futuras ações. Evolue-se em cada situação vivida, no gerenciamento de cada projeto. Com base na bagagem adquirida, busca-se sempre a melhoria contínua, isto é sempre fazer melhor. FIXE-se esta idéia .... e você fará melhor.

Fazer melhor não será possível se não tivermos conhecimento daquilo que não conseguimos fazer tão bem!

Identificar no momento oportuno e registrar as falhas cometidas, apontando possíveis soluções irá permitir melhores resultados futuros.

Documentar lições aprendidas deverá ser uma atividade a ser executada, mas de nada adiantará se as informações geradas não forem divulgadas. A não disseminação deste conhecimento poderá levar a repetidas buscas de correções já apresentadas, ou seja, retrabalho, desperdícios e aumento de custos.

As melhores práticas adotadas serão relacionadas às respostas ou decisões encontradas para cada situação.

Podemos organizar estas experiências, por exemplo, em áreas do conhecimento, relacionando itens marcantes dependendo de cada projeto.

Ao relatarmos os fatos ocorridos, não podemos deixar de considerar os acertos alcançados!

Estes também servirão de exemplos positivos os quais poderão ser seguidos numa próxima oportunidade, transformando-se como padrões de procedimentos na organização. Comparando-se erros e acertos a cada projeto, estaremos monitorando a evolução na forma de gerenciarmos os problemas e aplicarmos as melhores práticas aprendidas.

São muitos os desafios para o gerente de projetos em busca do sucesso para seus projetos como cronograma, estimativas, demanda por qualidade, problemas de comunicação, gestão de pessoas. Isto reforça a importância em se utilizar os conhecimentos disponíveis de experiências anteriormente vividas de projeto para projeto.

A análise dos sucessos e dos fracassos em uma organização mostra efetivamente sua preocupação com a melhoria contínua em suas atividades e nos seus processos.

E você, gerente de projetos, registra as lições aprendidas de seus projetos?

Compartilhe esse post:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Publicações

Categorias

_

Tags

Rolar para cima