Blog

Dicas Agile para os PMs que estão começando

Conhecimento dos processos, coaching, comunicação eficaz, transparência no trabalho, são algumas dicas para serem observadas na abordagem de um projeto agile.

Processos ágeis estão ganhando cada vez mais popularidade, o que significa que muitos gerentes de projeto estão seguindo as técnicas pela primeira vez. Baseado na sua própria experiência o Jitendra Singh Gosain,PMP, CSM, CSC desenvolveu uma espécie de primeiro guia para PMs que estão começando com projetos ágeis.

Os pontos fundamentais sugeridos pelo Jitendra são os seguintes:

1. Conhecimento dos Processos e Coaching

É importante que o Coach conheça bem os Processos Ágeis. É um desafio segui-los corretamente, e só podemos fazer isso se temos uma compreensão profunda e eficaz para orientar e treinar as equipes. Para novas equipes e os novos SMs, o Jitendra sugere os seguintes princípios:

• Aprender bem o processo. Certifique-se de que você (o SM) e sua equipe fizeram qualquer treinamento básico necessário.

• Consulte um Agile Coach para projetos piloto.
• Inspecione regularmente o processo que você seguiu.

2. Comunicação eficaz

A comunicação é fundamental em projetos ágeis. Uma comunicação eficaz dentro da equipe e com o cliente é contínua e deve ser o centro da atenção. A chave aqui é adotar um plano de comunicação que ajude à equipe a interagir com o cliente incluindo atualizações regulares sobre o progresso do projeto. Vários passos podem ajudar aos orientadores agile:

•  Educar a equipe sobre a comunicação eficaz entre seus próprios membros e com o cliente.
•  Guiar aos membros da equipe como comunicar seu plano de trabalho (a formação inicial não é suficiente; continue a orientação no andamento do projeto).

•  Planejar os relatórios e as informações que serão necessárias para comunicar o status do projeto.
•  Realizar reuniões para ajudar ao cliente a entender os requisitos do projeto e o progresso da equipe.
•  Respeitar e incorporar a visão do cliente no plano do projeto.

3. Transparência no Trabalho  

Agile é bem-sucedido porque o cliente está envolvido com a as equipes do projeto desde o primeiro dia, esta não é uma abordagem baseada em um contrato e onde as equipes trabalham conforme um acordo assinado. A preocupação com os orientadores tradicionalmente treinados é entender a transparência e respeitar isso. Isto significa:

•  Mais uma vez, aconselhar e ajudar à equipe a comunicar o progresso efetivamente.
•  Utilizar a reunião de stand-up diária para elaborar o plano de trabalho.
•  Evitar surpresas repentinas para o cliente.
•  Comunicar regularmente quaisquer problemas ou impedimentos para o cliente.

4. Aceitação da mudança e planejamento contínuo

Em Agile, o planejamento do projeto é sempre contínuo, já que uma mudança de alta prioridade pode acontecer em qualquer fase. Naturalmente, este é um desafio, é a razão pela qual os processos ágeis são também conhecidos como “inspecionar e adaptar”. Além disso, a abertura para o envolvimento e colaboração com o cliente torna ainda mais provável que ele ou ela tenham a vontade de sugerir uma mudança nos requisitos ou no plano de execução. Defensores ágeis aceitam essas mudanças, já que  “a mudança é o coração do Agile.” Mas como realmente fazê-lo?

•  Certifique-se de compreender completamente as mudanças desejadas pelo cliente.
•  Avalie e compartilhe as alterações do plano com a equipe.
•  Seja transparente na avaliação da mudança, compartilhe feedback com a equipe.
•  Mantenha o cliente envolvido com o direcionamento das alterações do projeto.
•  Utilize a abordagem de  verificação e adaptação para melhorar o trabalho futuro nas próximas sprints.
•  Peça feedback do cliente regularmente e incorpore isso no plano de ação.

5. Encorage a equipe para o auto-gerenciamento

Agile defende a formação de equipes de “auto-gestão”. Isso significa que a equipe participa nas estimativas, planejamento e atribuição de  tarefas. Este incentivo pode ser um desafio para um gestor tradicional pois está habituado a seguir um plano detalhado do projeto. Também, é um fato que as organizações não estão realmente preparadas  para equipes auto-gerenciadas e poderá enfrentar dificuldade na execução de projetos de uma forma verdadeiramente ágil. A seguir o que deverá ser observado:

•  Ajude e eduque sua equipe a ganhar maturidade no auto gerenciamento.
•  Ajude a nova equipe a gerenciar o trabalho que se comprometeu a realizar.
•  Envolva a equipe em todos os projetos e no planejamento da sprint.
• Oriente as pessoas para o auto-planejamento, como necessário.

Observe que alguns pontos se repetem, um processo de trabalho transparente, afinal, está relacionado com uma comunicação eficaz. Normalmente, processos Ágeis são bem sucedisos quando o Scrum Master e a equipe se comunicam com o cliente, o que é considerado como parte do núcleo de desenvolvimento do projeto. Lembre-se de usar o cliente como um jogador chave que está envolvido na orientação da equipe do projeto e na modelagem da entrega.

Adaptação do artigo original publicado em

http://www.scrumalliance.org/articles/420-pm–dealing-with-team-and-customer

Jitendra Singh Gosain has over 12 years of Software industry experience. He is a certified PMP, CSM and CSP. He has worked as consultant for 5 years in States with different prestigious clients. He is using Agile Scrum for over 4 years. His interests includes software project management, agile project management and scrum coaching.

http://www.scrumalliance.org/profiles/116584-jitendra-singh-gosain

 

 

Compartilhe esse post:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Publicações

Categorias

_

Tags

Rolar para cima